Prioridade para o pedestre na Mobilidade Urbana

20/10/2019

Sobre a
proposta

O Plano de Mobilidade Urbana de Itajaí coloca como prioridade o pedestre, seguido pelo ciclista, transporte coletivo (ônibus), transporte de carga (caminhões) e transporte individual (carros e motos). Você concorda que os projetos, obras e ações da Prefeitura para melhorar a mobilidade e evitar congestionamentos obedeçam à esta ordem de prioridades? 

Comentários 18

  • Conrado 10/10/2019 09:15:47

    Ciclovias são importantes, porém o que se pretende fazer tirando o estacionamento da na Rua Juvêncio na Orla da Praia de Cabeçudas vai contra o desejo da maioria dos Itajaienses. Pois uma curta distância pode muito bem ser realizada empurrando a bike, ou em outra hipótese do lado esquerdo da via sem tirar o estacionamento. A ciclovia da Brava é um exemplo que não deu certo, raramente alguém usa, e prejudicaram moradores e turistas. Idosos, turistas pessoas com necessidades especiais e os itajaienses à noite seriam obrigados a deixarem seus veículos em ruas secundárias e andarem a pé sem segurança até chegarem à praia. Fato idêntico o que aconteceu com a Brava depois que fizeram a ciclovia ninguém tem coragem de caminhar por ali. Bem como a ciclovia só seria usada em alguns dias do verão por apenas uma meia dúzia de pessoas, prejudicando toda uma grande parte da população que vão à praia como a única forma de laser. Sei que isso faz parte de um projeto maior de interligação de ciclovias, porém não se pode prejudicar a população só para disser que ficou bonito no mapa e não na prática. (Edson)

  • Nelson57 09/10/2019 23:14:34

    Oriento a Prefeitura, fazer uma campanha nas escolas, nas empresas e diretamente aos ciclistas. Primeiro orientá-los a andar na ciclovia onde houver. Segundo, faixa de pedestre não é ciclovia, o guardas devem serem orientados a solicitar que o ciclista desça da sua bicicleta e a transporte na travessia empurrando sua bicicleta. O motorista não deve obedece-los quando estão atravessando, em cima, pedalando e às vezes com filhos na carona. Os guardas são omisos quando principalmente em frente as escolas.

  • RicardoDS 09/10/2019 10:36:03

    Os motoristas itajaienses são uma vergonha para o município. Andam acima do limite, jogam lixo fora do carro, passam sinais vermelhos, cruzam a pista na frente de outros veículos sem dar as setas, a lista de descumprimento de LEIS é enorme. Eduquem os motoristas, eles não sabem o que fazem na maioria das vezes, o pedestre precisa de uma proteção maior, pois em caso de acidente é quem vai levar a pior, obviamente.

  • cintia14 03/10/2019 00:13:14

    Concordo em partes, precisa melhorar a localização das faixas de segurança, tem muitos lugares que as faixas parecem enfeites porque os motoristas não param. Precisa melhorar a educação de trânsito dos ciclistas que andam feito loucos achando que podem ser enfiar sempre, sem parar em esquinas ou semáforos. E acredito que para transporte de carga deveriam ter faixas escorrer específicas ou rotas alternativas pois prejudicam o fluxo das principais vias. Seria interessante também ter faixas de segurança na frente ou bem próximos dos pontos de ônibus, para dar mais segurança aos usuários do transporte público.

  • Je4NdoSaoVicente 01/10/2019 10:26:34

    Concordo em parte. Realmente pedestres devem ter a preferência, mas desde eles mesmos respeitem o seu tempo de atravessar. Por exemplo, Hercílio Luz com Sete de Setembro, não se respeita o sinal aberto para os motoristas.

  • Cleberson 30/09/2019 19:42:39

    Concordo em parte. Penso que o transporte de cargas deve ter vias específicas, mas não prioridade à utilização de motos, por exemplo. Além disso, penso que a prioridade é para o pedestre e para novos meios individuais de locomoção, como patinetes por aplicativos, entre outros.

  • antoniomenezes 25/09/2019 15:17:09

    Não concordo que os veículos de carga tenham mais prioridade dos que têm transporte individual. A cidade tem um grande número de motociclistas e de veículos particulares circulando. Isto deve ter prioridade na mobilidade urbana. Tem, inclusive, muito pedestre desinformado que quer atravessar nas faixas quando o semáfaro está aberto para os veículos. Como também tem muito ciclista que não respeita o sentido do trânsito e nos locais proibidos, na rua Hercílo Luz é um exemplo. Muitos ciclista ainda circulam por lá. A prefeitura deveria fazer uma campanha de conscientização e coibir com a guarda municipal os abusos (que são muitos). Deveriam, principalmente, ter semáfaros inteligentes para agilizar o fluxo de veículos nas principais vias.

  • cesarreinhardt 23/09/2019 10:08:18

    É inadmissível que os ciclistas ainda não foram educados para utilizar a faixa de pedestre e a utilizam sobre suas bicicletas e em alguns casos com ameaças aos motoristas. O órgão municipal de transito é o responsável por isso, educando e fiscalizando os ciclistas, para que usem corretamente a faixa de pedestres, que não é faixa de ciclista.

  • Pessin 19/09/2019 18:31:47

    Como motorista, devo sim dar prioridade aos pedestres, é vergonhoso priorizar o carro em vez da vida humana. Não esqueçamos que nossos filhos, netos, país e avós são desrespeitados todos os dias. Andam na rua e precisam estarem protegidos por essa sociedade que só pensa em si.

  • AlexMafra 17/09/2019 10:43:12

    Se o foco for maior no pedestre, inevitavelmente a mobilidade será prejudicada - vejam as faixas elevadas que travam a av. Marcos Konder - por exemplo! Não adianta melhorar o transporte coletivo se a cada 100 metros, o veiculo tiver que parar pra UM pedestre! Onde há semáforos sincronizados, não pode haver faixas de pedestres "entre eles"; a única forma de dar segurança e fluidez em trechos com semáforos, é utilizar faixas de pedestres SOMENTE nos semáforos!!!

  • adrianasantos 14/09/2019 13:24:22

    Também concordo em parte, o transporte individual deve vir antes do de cargas.

  • hd7wertypoiuy 13/09/2019 09:00:28

    Hoje em certos pontos da cidade termos do projeto levariam ao caos como já ocorre no cruzamento entre av campos novo com av. gov adolfo konder, caminhões que já vêm da campos novo que é a prioritária(que acredito que é uma opção errada), deixam transito intenso na gov. adolfo konde e na hora do rush quando acontece o êxodo da cidade esse cruzamento travaparte da cidade pra passagem de caminhões que vê pela campos novos

  • oswaldocarneiro 11/09/2019 10:10:09

    Também concordo em parte. Automóvel antes de caminhão.

  • DonniBitencourt 10/09/2019 10:50:52

    Concordo em partes como a Dairy mencionol, se é "mobilidade urbana" os caminhões deveriam estar em último plano. Já que são veículos grande e pesados e a maioria que circula na cidade estão em péssimo estado de conservação colocando em risco todos ao seu redor. A prefeitura deveria retomar o projeto da "Via Portuária" e o Codetran ser mais eficiente na sua função de fiscalizador.

  • lucaswillian 10/09/2019 07:33:26

    Lembrando que todas as ruas dos Bairros Cordeiros e São Vicente estão praticamente intransitáveis por conta das obras, então antes de procurarem outro problema para resolver, resolvam o atual! Mas acredito que as melhorias devem acontecer de acordo com o volume de transito que tem em cada modalidade, 1º com carros e motos, 2º ônibus, linha especial para caminhões ( que tem um volume intenso na cidade e contribuem acredito que quase 90% na falta de fluidez no transito da cidade) , e a questão dos pedestres é questão de conscientização dos motoristas terem respeito, porque para pedestres a prefeitura já da desconto no IPTU para que hajam calcadas adequadas, e para os ciclistas a implantação de mais ciclovias.

  • wislenbylaardt 08/09/2019 09:19:56

    issso nao deveria ser lei deveria ser educacao

  • Rodrigo73 03/09/2019 20:23:51

    A Secretária de Urbanismo deveria levar a área industrial para além da BR 101 e criar uma via exclusiva para este fim em direção ao Porto.

  • Dairy 03/09/2019 10:55:02

    Concordo em parte, acredito que o transporte individual (carros e motos) deveria vir antes de cargas (caminhões).

Aguarde